Tuesday, July 11, 2006

Girl with Band-Aid

5 comments:

Julius Fucik said...

Giro, o desenho... Um conselho, toma sais de frutos, para a má disposição... Deves andar sob muito stress... Ou não, se calhar é mais um dos meus absurdos, coisa em que sou mestre, né?

Mas uma águinha das pedras ia-te bem, agora...

OMWO said...

Olá Julius :)

Hmmm...penso que se poderia dizer o mesmo deste lado...claro que ou um, ou nenhum, estará certo, mas isso é sempre o caso, não é? E cada um tem os seus "pet peeves" que são como ninhos de vespas à espera de serem titilados...

De qualquer forma apercebi-me que não dava para começar debate pois o raio do teu fotolog só te dá dez comments por post...não é como o blogspot que é uma maquina democratíssima de alimentar polémicas...:p

De qualquer forma, eu quando discuto ideias vou muito à carga, mas isso limita-se ao debate em si...cá dentro estou frio como um cubo de gelo, e nem me enervo nem guardo ressentimentos. É só que, debate em que não se atiram cadeiras não tem piada nenhuma :p

São as ideias em guerra, não as pessoas.

Um abraço,
A.

PS: Não sei é como é que podes chamar de mal-disposto a quem te inclui aquele ultimo link...(!)

PPS: Pelo menos não ando às cabeçadas!!! (não resisti :D )

PPPS: Ah, para quem não sabe do que se está a falar:

http://www.fotolog.com/jfucik/?pid=13442807

OMWO said...

Olha, como já não dá para postar mais nada no teu fotolog, por causa do limite dos 10 comments, tenho que responder aqui:

>Adoro uma boa polémica. Mas «Toda >a gente sabe que és filho de uma >puta terrorista» se não é racista >é, pelo menos, uma forma >estigmatizada de lidar com a >população árabo-frnacesa...

Não estás a querer ouvir o meu argumento. A questão é precisamente que tu não sabes que isso foi dito. O link que eu coloquei (http://www.lemonde.fr/web/article/0,1-0@2-3242,36-795038@51-734920,0.html) mostra que o próprio Zidane não confirmou essas leituras especulativas que alguns fizeram (outros fizeram outras, é suspeito escolheres a que te convém antes de haver confirmação)

>Quanto a haver misturas em todo o >lado, sim é verdade, E AINDA BEM.

estás a responder ao quê? Isso não vem a propósito de nada que eu tenha dito.

>Mas a selecção francesa espelha >essa diversidade de forma >particular...

e? isso vem a proposito do quê? Isso torna todos os seus membros santos e todas as suas acções justificadas e perfeitas? Daqui apouco marcar-lhes um golo é um acto de racismo, não? :p

Se o italiano disse ao Zidane que ele era um filho da puta, ou irmão da mesma (foi outra das interpretações dos "leitores de lábios"), isso é racismo? Porque escolheste a outra interpretação e tiraste logo conclusões?

>Quanto aos «absurdos» nem me >apetece responder... Cito apenas >Gabriel, o Pensador: «O racismo é >burrice, mas o mais burro não é o >racista, é o que pensa que o >racismo não existe»...

Eu disse que não existia? Pelo contrário. Eu disse é que estás a puxar o argumento para esse campo, de uma forma que na minha terra se chamaria "tirada do cu com um gancho", e que discrimina o jogador italiano de forma aliás racista, porque estás logo a assumir coisas acerca do que não sabes, só porque gostas mais do background do Zidane do que daquele do Materazzi.

Quanto ao "absurdo" ( http://football.guardian.co.uk/worldcup2006/comment/story/0,,1819274,00.html ), acheio-o relevante, porque é uma demonstração por "passagem ao limite", do que considero ser o problema do teu argumento.

O meu pet-peeve: Não gosto de ver assuntos meniais a serem deturpados até servirem agendas politicas pre-determinadas.

Repito: a cabeçada foi infeliz, ele é um grande jogador que ganha milhoes e em nenhuma circunstancia deveria ter perdido a calma daquela forma. Aconteceu. Acontece. É humano. Ninguem é perfeito (nem o Materazzi, obviamente). É tudo. Prolongar a agonia e desculpar a coisa de forma tao rebuscada so piora tudo.

OMWO said...

Porque é que isto é importante? Porque ha muita gente que só espera argumentos furados como este para aumentar as tensões em França e noutros sitios. Se tu achas que andarem a queimar carros e matar velhotes é algo de desejavel ou é "a revolução", então não sei o que te diga...
Só sei que os tipos que estão a empolar um incidente irrelevante e a transformá-lo numa questão racial estão a pedir para ter sangue nas mãos, e, isso sim, não é brincadeira nenhuma.
Depois admira-te se o LePen tiver bons resultados.

Anonymous said...

subscrevo os comentários do Autor deste blog.

"má disposição"? "stress"? mas como, se a opinião explanada não chega sequer a opinião/valoração, porque "mera" análise objectiva de factos?

e mesmo que de opinião se tratasse, por não ser coincidente com a da outra Parte torna o respectivo Emitente mal disposto e stressado? "Non ou a vã glória de mandar"...

- ena, ena, não está nada introduzida a martelo esta, pelo contrário, veio mesmo a talho de foice.